quinta-feira, 4 de junho de 2009

Amor, Dor e Insegurança.

O amor... A dor... A insegurança... São tão amigas.

O amor falou para insegurança sobre a dor. Logo a dor soube o que o amor falou, foi tirar satisfação. Quando chegou no lugar para bater no amor, a insegurança tomou as dores e entrou no meio da briga. Desde então eles continuam esse eterno falatório sem sentido, tentando saber quem é que é mais forte: A dor ou o amor. Como a insegurança sempre anda com ambos, ela sempre está no meio... Por isso que as coisas são assim... o amor vem primeiro, quando ele grita alto provocando a dor a insegurança aparece para apartar a briga e não deixar com que a dor acabe com o amor. Mas ao mesmo tempo ela é o meio termo. Enão amor, gera insegurança que gera dor...

AMOR=INSEGURANÇA=DOR

Um comentário:

  1. Seria perfeito juntar tudo e fazer um monólogo. Poxa, me emocionei.

    ResponderExcluir